CASACOR

Criadores da Lattoog participam de lançamento da 1ª pós-graduação em Design Mobiliário de MS

CASACOR MS recebeu a dupla durante anúncio de convênio entre Unigran Capital e SuPapo Criativo

Eles são amigos e provam, há mais de dez anos, que a cumplicidade criativa no design é a cereja no bolo dos processos criativos. Enquanto Pedro Moog se graduou em Administração e depois se embrenhou pelos caminhos do design autodidata, Leonardo Lattavo é arquiteto-urbanista com mestrado em Arquitetura pela University College of London e professor de Projeto de Arquitetura na PUC-RJ.

Com versatilidade e irreverência, o que era primeiramente diversão virou o ganha pão e eles criaram a Lattoog Design, empresa que alia a inquietude e os repertórios próprios ao DNA durante o processo criativo, especial para cada projeto. O olhar disruptivo está presente em cada narrativa e começa no nome da empresa, que é uma fusão dos sobrenomes dos dois sócios – Lattavo e Moog. “Cada trabalho é realmente uma oportunidade de um processo múltiplo, errático, de trazer inovação e originalidade, aliando referências e se tornando algo bom e útil. Fugimos do que é linear”, afirma Leonardo.

A inspiração inicial surgiu das referências cariocas e do desejo de revelar a Cidade Maravilhosa em cada peça. Atualmente, vem também do cotidiano e das “miudezas” de todos os dias, como diria o poeta pantaneiro Manoel de Barros. “Na hora de criar, eu gosto de desfocar. Ir fazer outras coisas, tudo não relacionado ao trabalho”, diz Leonardo. “As referências podem estar em um filme, uma música, em uma exposição diferente que a gente visita. Tudo pode trazer esse frescor ao olhar que cria. Procuramos não sistematizar e criar móveis representativos”, complementa Pedro.

Eles conciliam a pesquisa de elementos marcantes da cultura brasileira com a experimentação constante de tecnologias e materiais, sempre de olhos atentos ao mercado consumidor em mutação.

As atividades artísticas da dupla chegam à pintura, à escultura e ao desenho. Os produtos Lattoog traduzem o racionalismo das tecnologias de ponta e o charme intuitivo. O resultado? Funcionalidade e harmonia, com linhas de peças e móveis ergonômicos e sinuosos, muitas vezes geométricos.

Entre os materiais utilizados, azulejos estampados, tacos de madeira, gradis de casas e grafismos, além de elementos tipicamente brasileiros. As influências externas são relidas ao modo tupiniquim também no uso de elementos deslocados de sua origem ou função original, estimulando uma relação lúdica com o móvel. “Queremos que os móveis tenham história e que possam também contar as histórias das famílias. Isso nos deixa muito felizes”, diz Pedro.

 

 Casamento feliz

Os amigos e sócios se dão muito bem, obrigado, mas “todo casamento tem seus desafios”, brinca Pedro. E eles sempre impulsionaram a dupla adiante. O perfeito encaixe vai além do processo criativo e chega ao relacionamento com os fabricantes. “Preferimos manter poucos e fieis parceiros”, informa Leonardo.

Para Pedro, a parceria dos profissionais pelo design de qualidade é decisiva no contexto atual. “Pessoas com formações diferentes agregam diversidade e uma série de vivências. Isso nos ajuda, nesse processo dinâmico, a pensar fora da caixa”, explica. Para ele, a originalidade surge também da troca e em muitas horas de descuido.

 

Legado inspirador

O lançamento do livro Latt-oog (Olhares/2016) consolida a marca carioca em outros rincões do Brasil. “É a nossa primeira visita ao Mato Grosso do Sul e uma alegria poder levar o design a outros lugares, contribuindo para melhorar a vida das pessoas. O design é a nossa religião”, afirma Leonardo.

Na obra, premiada no ano passado pelo Museu Casa Brasileira, a dupla compartilha anotações das diversas fases do processo criativo e a trajetória que inspira novos profissionais. Entre os destaques está o divisor de águas para eles: a Pantosh Gigante, que foi exposta este ano na Praça Duomo, em Milão.

“Foi uma celebração e um desafio replicar a Pantosh em uma escala maior. Foi um maravilhoso processo de aprender fazendo”, relembra Pedro. A poltrona é a primogênita da série Viralatas da marca, que traz móveis híbridos, materializando a cultura brasileira a partir da fusão da Panton, de Verner Panton, com a cadeira Willow, de Mackintosh.

Além de carro-chefe da marca, a Pantosh marcou o início dos projetos com cortes computadorizados de madeira. A experimentação é palavra de ordem no ateliê de prototipagem dos amigos e sócios. Também de lá saem os re-protótipos, peças produzidas a partir de protótipos e estudos descartados.

É o design-arte, que surge como desdobramento da rotina criativa, com tiragem única ou limitada e sem compromisso com a cadeia produtiva. Ótimas oportunidades de testar conceitos que serão aplicados posteriormente em móveis seriados. No livro, a dupla também aborda a comercialização dos móveis e demais produtos, quase sempre por meio das lojas revendedoras.

 

Novos olhares

Leonardo e Pedro também farão parte do corpo docente da primeira pós-graduação de Design Mobiliário da Unigran Capital, lançada durante a CASACOR MS. Realizado em parceria com a Galeria Escola SuPapo Criativo, o curso é destinado a arquitetos, designers de interiores, profissionais e estudantes, marceneiros e projetistas.

A especialização no segmento tende a incentivar a profissionalização, despertando novos contextos criativos, na avaliação dos Lattoog. “Hoje, por exemplo, temos as impressoras 3D e diversas técnicas e materiais, mas ainda valorizamos, e muito, a milenar marcenaria, por exemplo. Nosso trabalho é fazer o melhor uso possível daquilo que existe”, enfatiza Pedro.

O primeiro móvel criado pela dupla carioca Leonardo Lattavo e Pedro Moog data de 1999 – o Sofá Knot. A Lattoog Design lançou oficialmente a primeira coleção de mobiliário na feira Craft+Design em São Paulo, em 2005. Hoje a produção da Lattoog funciona por meio de sólidas parcerias com fornecedores de diversos estados do Brasil. Saiba mais: www.lattoog.com

 

Design profissional

Entre os profissionais que inspiraram a formação do novo curso, com turmas já para 2019, estão também a coautora do livro Introdução ao Design Inclusivo, Daniela Gomes (Editora Appris), e a coautora do livro A Revolução do Design – Conexões para o Século XXI (Editora Gente/IED São Paulo), Andrea Bandoni, referência em design na Era Digital.

“Verificamos as principais demandas em nosso Estado e também buscamos referências nacionais e internacionais com diversos especialistas. Tudo para oferecermos a melhor capacitação, sintonizada com o que é tendência no assunto”, informa a Diretora de Administração e Planejamento da Unigran Capital, Mariana Zauith.

 

SuPapo Criativo

A SuPapo Criativo é uma provocação e um convite para pensarmos fora da caixa. Um laboratório de criação de protótipos de design mobiliário e pesquisa, em formato Galeria Escola, espaço de exposição e ensino de assuntos das artes, arquitetura, design, fotografia, marketing digital e inovação. A instituição é dirigida pela arquiteta Luciana Teixeira, que atua com design de móveis e tem criações como a poltrona Roooqueeennnrooouu .

Há quatro anos, ela se dedica à produção e pesquisa em design de mobiliário, e lançará em 2019 a coleção Supapo 1210, elaborada com recurso do FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural). “Serão 12 peças de design autoral, que irão primeiro para o MARCO e depois para o principal evento do design nacional o DW SP, na feira High Design”, conta Luciana.

Segundo ela, a capacitação profissional e o desenvolvimento da economia criativa local, com viés social no setor do design de mobiliário, são os objetivos da parceria com a Unigran Capital. “É um trabalho que contribui para a formação de especialistas em design de móveis que, com os novos conhecimentos, poderão impactar as fábricas e marcenarias, de forma a melhorar seus processos de produção e qualidade de acabamento. Sinto que podemos produzir algo sério, valioso e coletivo”, analisa.

 

Unigran Capital

Com mais de 40 anos de história, a Unigran surgiu, em Dourados, com o objetivo de oferecer um Ensino Superior de qualidade, formando profissionais capacitados e proporcionando o desenvolvimento educacional e intelectual. Presente em Campo Grande desde 2007, a Unigran Capital busca expandir continuamente um modelo educacional inovador, com foco nas metodologias ativas e inovação. “Utilizamos a tecnologia e metodologias inovadoras para conduzir nossos acadêmicos a um futuro profissional de sucesso”, explica a diretora Administrativa e de Planejamento da Mantenedora Unigran Educacional, Mariana Zauith. “Além de metodologias ativas, temos elementos inovadores, como óculos de realidade virtual e impressora 3D, que auxiliam no aprendizado”, complementa.

 

Serviço:
Informações sobre o curso de pós-graduação em Design de Mobiliário
Telefone (67) 3389-3389 ou site www.unigrancapital.com.br